Nada


fb_img_1462157856866.jpg

Aqui estou eu novamente a procura de respostas… Todos os dias é a mesma coisa, acordar, tomar café, olhar as notícias e, claro, procurar notícias tuas e, se tiver, publicar. Mas o nada de ti insiste em existir, essa é a luta há 67 dias, não conto o dia do teu desaparecimento, eu ainda não sabia… Existe uma rotina nesses dias cansativa, ignorar que tu não estás aqui é muito difícil, muitas vezes me pego pensando que sim, nada aconteceu, ato falho do meu cérebro no desejo que tudo estivesse normal, aconteceu o mesmo antes quando o meu pai morreu… A circunstância do teu sumiço é tão fora da casinha, como pode?! Ninguém sabe nada, ninguém viu ou escutou alguma coisa, não tem pista, o que é isso minha gente?! Para o bonde que eu quero descer, não quero mais brincar de esconde esconde… Sabe o que é estranho? As pessoas não acreditam que não sabemos de nada, que tudo o que sabemos já foi publicado, que simplesmente temos que conviver com o limbo, com o nada, mas o nada é tudo, és tu, é a tua falta. E agora o que fazemos?! Ficar aqui do longe acompanhando as investigações é horrível, mas já te falei, a vida não parou… O meu trabalho está aqui e tenho que o fazer, a minha casa, a minha vida… Lá em Pelotas a Universidade, a Biotec continuam funcionando, os alunos estão em aula, as pesquisas estão sendo feitas, mas para quem te conhece e te ama a vida deu um tranco, uma freada, tem sim uma coisa parada, o que acontece ao lado é uma outra dimensão, entendes?! Estamos vivendo duas vidas paralelas, a rotina da vida e a falta que estás fazendo na nossa vida. Cláudia, há 67 dias vivemos na terceira dimensão, acho que estamos um pouco loucos, por favor, peço, não nos discriminem, estamos aprendendo a viver sem ela… com o nada!

9 pensamentos sobre “Nada

  1. Adriana, fico preocupada com todos os familiares, principalmente a mãe da Claudia, é muito sofrimento.

  2. Adriana quero te parabenizar pelo texto lindo que colocastes,
    é verdade o que dizes, nós que não conhecemos a Cláudia e nem a família dela ficamos pensando mil coisas mas desejo do fundo do meu coração que tudo dê certo, que ela retorne saudável ao seio de sua família e amigos.
    Tenho muita lástima de sua mãe.
    Meu forte abraço a todos vocês.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s