Jaleco


01claudia

Me ocorreu a lembrança de uma coisa que a tua mãe falou, que um dia chegou no pátio e viu o varal todo branco e foi te perguntar o que era aquilo. Respondestes que eram os jalecos dos teus estudantes, que tinhas levado para lavar, pois querias ver todos bonitos e bem limpos. Assim era a tua beleza, resplandecente, gestos como esse te faziam sempre estar rodeada de vida, eras uma doutora, tinhas um conhecimento ímpar, projetos importantes aprovados, reconhecimento e renome internacional, porém, eras uma igual, os títulos te orgulhavam, mas nunca te subiram à cabeça. Isso aproximava as pessoas, não havia uma falsa modéstia, todos sabiam que ali estava uma doutora, mas antes de tudo, ali estava o ser humano Cláudia, a pessoa que estendia a mão para que quem a segurasse pudesse ser elevado. Quantos foram teu aluno e quantos seguiram estudando porque viram o prazer em conhecer que repassavas. A excelência fazia parte de ti, mas nunca te dominou. O mundo precisa de mais essência, mais ser do que ter, humanidade, amor.  Sempre gostamos muito de filmes, há uma passagem num filme do Al Paccino, O Advogado do Diabo, que lembro que ele diz que sempre conquistará o ser humano por sua vaidade, espero que com o teu algoz assim seja. Que o falso orgulho de ter feito algo grandioso o faça cair, assim como a sua máscara. Não houve a compreensão de um verdadeiro sentimento, até porque sentimentos não se explicam,  se sentem, como explicar a uma pessoa incapaz de entender?! Sempre vivestes sentindo, a alegria era constante no teu sorriso verdadeiro. Queria que o mundo sentisse mais, fosse mais humano, para que tragédias como a tua, não pudessem ser repetidas. Os jalecos são só uma capa, o que interessa verdadeiramente é o conteúdo! Não é Cláudia?!

6 pensamentos sobre “Jaleco

  1. Mas que bom!!! Confirmas o que penso de Claudia e dos grandes Doutores que conheço, normalmente de uma simplicidade e humildade que nos apaixonam, nos encantam!! Não precisam de títulos antes de seus nomes, não precisam falar de si aos 4 cantos, os outros falam!! Os outros lhe admiram!! Não precisam buscar reconhecimento, são reconhecidos, não precisam de grandes discursos, normalmente são aquietados de suas virtudes!! Sim! Claudia era reconhecida internacionalmente!! Mas era simples, muito simples,se percebe nas conversas com seus amigos de verdade, que realmente a conheciam!! Na verdade acho que este é o grande exemplo que neste momento em que ela se torna assunto nacional e público aproveitemos para aprender: simplicidade!! Só isso!! Amor pelos seus, não pelos jalecos!! Tanto amor que lavar os jalecos era uma forma de dizer o quanto queria bem para seu grupo!O jaleco um dia amarela,o amor, a simplicidade permanecem como energia por gerações!! tenho um doutor em casa que todo dia mostra nas suas atitudes o que é simplicidade e humildade!!

  2. Bom dia, querida Adriana!
    Que São Jorge, com toda sua força proteja e guarde a Cláudia onde quer que ela esteja. Que com sua espada e seu escudo, bloqueie todas opiniões maldosas a seu respeito.

    Um grande beijo,

    Giu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s