Veterinária


FB_IMG_1489287086033

No segundo grau é normal as pessoas terem dúvida sobre qual carreira seguir, eu me dividi entre ciências sociais e medicina, venceu a primeira, já era mãe e queria estar presente na criação dos meus filhos, porém sempre gostei de tudo o que fosse ligado às ciências biológicas. Tu fizestes primeiro educação física, mas tinhas uma veia ligada à pesquisa, a área de saúde sempre te interessou. Meu filho foi uma de tuas cobaias na infância, aplicavas injeção de maneira impecável, depois fui eu, rsrsrsrs, confiança é isso.  Assim mais tarde fostes fazer medicina veterinária, veio o mestrado, a pesquisa intensa, o doutorado e a carreira brilhante.  Essa experiência na veterinária foi tão intensa que contaminou a tua sobrinha Silvia, que seguiu as ciências biológicas e  o teu sobrinho Mateus, que ao te visitar em Pelotas, já cursando engenharia civil na UnB, voltou a Brasília com o firme propósito de fazer um novo vestibular, dessa vez seguiria os passos da tia  Cláudia, bastou uma tarde no campus da UFPEL contigo, até uma cirurgia numa vaca ele assistiu. Vestibular feito, nascia mais um médico veterinário. Lembro do teu orgulho por ele que conhecestes um bebê. Em contrapartida, na formatura dele viestes para ser a sua madrinha. Esses laços sempre foram fortes entre nós, meus filhos te amam como eu, foram influenciados por ti, pela tua família, pelo teu amor.  Escrevo aqui sentindo um carinho imenso por tudo que vivenciamos como família eleita. Lembro da valsa que madrinha e afilhado dançaram, coroando a escolha de quatro anos passados, como foi bonita. Das conversas que tinhas com a minha filha e do orgulho mútuo entre vocês duas a cada conquista uma da outra , professoras doutoras de universidades. Neste momento travei, foi exatamente isso, no auge da tua carreira é só o que me ocorre agora, no auge da tua carreira, por quê?! A vida estava indo tão bem, tinhas conquistado tanto, na vida pessoal, profissional, espiritual…  Travei… não consigo entender, não consigo mais escrever, o meu texto estancou, como a tua vida. 

4 pensamentos sobre “Veterinária

  1. Também travei! Também chorei!! Estamos conhecendo a Claudia por quem a conhece.. Estou conhecendo a Claudia com um sentimento sincero de amor, de amizade, saudade!! Que gostoso e que triste!

    • Como falei para a Margarida, minhas palavras cessaram na madrugada com minha tristeza e indignação, restaram as lágrimas…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s