Violência


image

Em 2008 sofri um assalto a mão armada, levaram meu carro, minha bolsa com todos os documentos e meu celular. Me arrancaram de dentro do meu carro com uma arma na cara e depois de tudo me deram uma coronhada tão forte na nuca que caí no asfalto, desfalecida, enquanto eles arrancavam cantando pneus. Mas o pior de tudo foi a fragilidade e impotência que me assolou, me senti exposta, frágil, enfraquecida. Levantei rápido,  tremia muito, atravessei os 30 metros que me separavam do portão de ferro da entrada do meu prédio,  toquei o interfone e tudo o que eu mais queria era que aquela porta abrisse mágica e instantaneamente, tal era o meu estado de emergência. Meu filho atendeu e só consegui balbuciar, fui assaltada. A porta de ferro não se abriu, ele nervoso saiu desvairado escada abaixo porque o elevador não estava no nosso andar, deve ter descido em segundos, mas para mim foi uma imensidão de tempo, onde me segurava nos ferros para não cair, desesperada. A polícia chegou super rápido e me conduziu para delegacia para os devidos registros, dali para o IML, exame de corpo de delito e hospital, a coronhada tinha resultado num hematoma perto do cerebelo, foram 5 dias acamada esperando o desinchar da região, que trazia perigo ao coração e de parada respiratória. Toda essa narrativa foi apenas resultado de um filme sobre violência que assisti hoje. Na hora lembrei de tudo isso e a conexão com a violência que sofrestes foi imediata, eu tive apoio dos filhos, amigos, incondicional, tu estavas dentro de casa, supostamente protegida,  estavas sozinha, espero que Deus tenha te sustentado, só tivestes Ele por ti.

2 pensamentos sobre “Violência

  1. Amiga, sinto a tua dor no meu coração e fico comovida com seu amor fraterno. Grande beijo no seu coração. ❤

  2. Meu Deus,como aceitar que pessoas desapareçam involuntariamente…sem deixar rastro.Que tristeza para os afetos da Claudia.A Justiça está muito tardia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s