Oi amiga!


10206431516407015

Que saudade! Há quanto tempo…

Todos os dias falo contigo, rezo pra ti, estás sempre comigo, ficou um buraco… Essa foto da Francine te representa tão bem, pouco tempo depois tu te fostes. Tem coisas que eu ainda não consigo falar, até hoje, porque não consigo acreditar. Sabes, é muito sofrimento, então fomos silenciando, aos poucos, cada um que te ama. Eu sei que estou parecendo desconexa, mas é um turbilhão de pensamentos dentro de mim, passam os momentos de alegria contigo, o Laranjal, a Fernando Osório, nossos papos, nossas vidas, meus arrependimentos, por não ter ido a Barbados contigo, por não ter ido te ver no final de 2014. Fui só em março de 2015, para cuidar da mãe e nos vimos apenas na noite da pizzaria. Estavas nessa fase de conclusão das obras do laboratório, mão na massa, tua característica maior. Estavas feliz…  Na minha sala tem o porta retrato que tu me destes, a foto me dói, mas também me lembra de uma época de inocência, é uma recordação tua, então fica ali, pelos bons tempos. São tantos flashs Cláudia, tanto ainda por entender… Saudades do chimarrão, do café, das conversas, das discussões, dos telefonemas, de tudo!

 

5 pensamentos sobre “Oi amiga!

  1. Eu fico pensando como não tem explicação isso não existe prova de nada simplesmente sumiu ninguém explica nada onde estamos????? O que é isso ???

  2. Eu não te conheço e não conhecia a Cláudia, mas acompanho tua dor, teu sofrimento e acredites, as vezes choro contigo. Temo que esse crime nunca seja solucionado. Às vezes me pergunto se ela está morta ou se estará em cárcere privado. Confesso que já me perguntei se no caso de estar morta não estaria o corpo dentro da própria casa. Enfim, é difícil entender. Ninguém evapora assim. Uma imagem de alguma câmera nas proximidades da casa não teria captado algo? Não é possível. Quase 4 anos e tem ao menos um criminoso vivendo entre nós como se nada tivesse acontecido. Saber que houve um crime dói, não saber o que houve dói também. Lamento muito a tua dor, a dor da mãe da Cláudia, do namorado que tbm ficou sem respostas e certamente com um vazio no peito. Recebe o meu abraço.

  3. Isso não pode ficar assim…tem que ter alguma pista, gente isso é inadmissível…
    Sinto muito por essa mãe… Doi muito saber que não fizera., se empenharam para desvendar o caso..😭

  4. Não sei explicar tantos sentimentos que esse caso inspira!
    Não conheci Cláudia, mas conheço sua história, e acompanho essa falta de interesse em solucionar o caso. Só pode ser isso!
    Muita dor causada, principalmente pela carência de respostas! Espero, de coração, que algo surja para que todos, inclusive ela, Claudia, possam ver a justiça aplicada.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s