Então…


 

 

Dia 29 é o teu aniversário, muitas pessoas vão te lembrar e homenagear, para nós haverá um vazio, não estamos planejando o churrasco com as turmas dos alunos, com teus amigos e com teus colegas, como antes.

Estive na tua mãe, inicio do mês, quando fui a Pelotas. Ela me contou que tuas orquídeas estão lindas, cheias de flores como gostavas, me convidou para ir até o pátio para ver, não tive coragem, não é mais o mesmo sem ti. Não quero ver agora, quero guardar a lembrança de como era antes. Disse pra ela, dói muito não estares mais lá.

Não escrevo mais tão seguido, antes queria contar a tua história, como eras importante em nossas vidas, no teu trabalho e para todos que tiveram contato contigo.

Queria te fazer presente nas investigações, não deixar que tu fostes somente mais um número. Te defender de tudo que fosse possível, inclusive ataques, que infelizmente aconteceram.

Não és só um número, és a Cláudia de quem sentimos uma saudade imensa.

Não te temos fisicamente mais conosco, mas te levamos sempre no coração.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s