Centro de referência da mulher vítima de violência Cláudia Pinho Hartleben


A mãe da Claudia, D. Zilá, está emocionada com a homenagem feita pela prefeitura de Pelotas à sua filha, no último dia 24, quando participou online e proferiu palavras de agradecimento à prefeita Paula e ao Secretário José Olavo.

O Dr. José Olavo, ao assumir a Secretaria de Assistência Social, do município de Pelotas, solicitou, a prefeita Paula Schild Mascarenhas, um decreto que desse regulamentação formal ao Centro de referência à mulher vítima de violência, sugerindo o nome de uma mulher símbolo de cidadã, em Pelotas, para intitular a instituição.

O Centro de referência da mulher vítima de violência já existia há algum tempo em Pelotas, mas não havia um decreto regulamentar.
Ao levar o decreto para a prefeita, Paula Schild Mascarenhas, foram sugeridos alguns nomes e houve o entendimento que o nome da professora Cláudia Pinho Hartleben seria representativo ao combate à violência contra a mulher.

O Dr. José Olavo sempre trabalhou frente a Procuradoria no processo de busca pela justiça à professora Cláudia e enfatizou a importância da escolha do nome. O decreto foi assinado no dia 24 de setembro de 2020.

O Centro de referência às mulheres vítimas de violência atende as mulheres encaminhadas pela delegacia da mulher, pelo juizado de combate à violência, mulheres que procuram o centro. São atendidas por psicólogas, assistentes sociais, encaminhadas para proteção, recebem orientação jurídica e social, tem um atendimento devido para aquilo que necessitam.

O Dr. José Olavo salientou a emoção de todos na secretaria em saber que o nome da Professora Cláudia Pinho Hartleben agora se encontra perpetuado, na cidade de Pelotas, intitulando o Centro.

Serão duas instituições importantes no combate à violência contra a mulher em Pelotas, o Centro Cláudia Pinho Hartleben e a Casa de Acolhida Luciéty Mascarenhas, outra mulher vítima de violência.

O Dr. José Olavo também enfatizou que não há crime perfeito e que um dia o crime da professora Claudia será solucionado.

Falou que foi um ato de um momento histórico e justa homenagem à professora, que se dedicou a vida a educação, era referência no seu trabalho e como cidadã. Disse, ainda, que a professora Cláudia, é uma vítima, o seu caso uma referência nacional, ela representa a mulher pelotense, no combate à violência contra a mulher.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s